O guia para você economizar ao mobiliar seu apartamento novo!

27 de julho de 2020

Veja quatro dicas que vão te ajudar a deixar seu cantinho com sua cara, sem precisar gastar muito!

Começar do zero a decoração de um apartamento é um convite à criatividade, mas também pesa no bolso. São muitos detalhes para resolver, escolher onde cada móvel vai ficar, pesquisar preços de mobília, decidir as core e muito mais. É uma missão prazerosa por dar vida ao seu lar, mas exaustiva ao mesmo tempo. Além disso, mobiliar a nova moradia é um baque no orçamento, pois são despesas que se acumulam de uma vez só.

Por isso, confira algumas dicas que vão te ajudar nessa jornada de mobiliar o apartamento, mas com economia.

Adeque seu bolso ao seu espaço

A empolgação é grande, mas se contenha. Não adianta ir às compras ao léu. Veja primeiramente o espaço que você tem para cada móvel. Afinal, não adianta comprar um painel lindo para sua sala, senão vai caber na parede. Isso pode te trazer apenas dor de cabeça e, claro, gastos. Pegue as medidas referentes a cada móvel, assim você não desperdiça nem tempo, nem dinheiro.

Coloque tudo no papel e pesquise

Você realmente vai precisar de uma lista. Elenque os itens essenciais para sua nova casa e comece a comparar preços nas lojas que mais combinam com seu gosto. Uma boa alternativa é pesquisar pela internet, o que é bastante prático. Caso queira tirar a dúvida da qualidade do móvel, estenda a pesquisa à loja física. Assim você pode optar por algo que caiba dentro do seu orçamento e combine com sua personalidade.

Atente-se para o preço da montagem dos móveis, que, em muitas lojas já é cobrado à parte. Coloque isso em seus cálculos antes de efetivar a compra.

Programe suas compras

Ao passo que o apartamento estiver sendo concluído, você já pode começar a se programar financeiramente para fazer as compras dos móveis. Assim, você não terá um rombo de uma só vez. Crie um cronograma de compras para não ficar assoberbado em dívidas. A organização das finanças é a chave de boas compras.

Brechó de móveis

Por que não poupar seu bolso e adquirir alguns móveis mais em conta em feiras, lojas de usados e até brechós de mobílias são boas alternativas econômicas. No entanto, preste atenção na qualidade dessas peças, pois, às vezes, reformar pode sair muito mais caro que comprar um novo.

Gostou das nossas dicas? Cadastre-se e receba notificações sempre quando tiver material novo por aqui.